BUDDHA EDEN em Portugal? Sim, em Portugal!

Publicado em 23/07/2020 por Andressa Pedry

Foi um dia muito bem passado no Bacalhôa Buddha Eden , localizado na Quinta dos Loridos! Esta é uma propriedade e uma vinícola localizada na freguesia do Carvalhal, no concelho do Bombarral, distrito de Leiria, em Portugal. Lá você pode encontrar o maior jardim oriental da Europa, extremamente delicado e impressionante.

Com cerca de 35 hectares, foi criado em protesto contra destruição dos Budas Gigantes de Bamyan. Este, foi um dos maiores atos de barbárie cultural, apagando da memória obras-primas do período tardio da Arte de Gandhara.

Entre budas, pagodes, estátuas de terracota e várias esculturas cuidadosamente colocadas entre a vegetação, calcula-se que foram usadas mais de 6 mil toneladas de mármore e granito para edificar esta obra monumental.

No lago central é possível observar os peixes KOI e dragões esculpidos que emergem da água. Podem ainda ver os cerca de 600 soldados de terracota pintados à mão, cada um deles único, encontrando-se alguns enterrados, tal como há 2.200 anos.

FOTO> Jorge Vera

A escadaria central é o ponto chave do jardim, onde os Buddha dourados dão as boas-vindas aos visitantes cheios de energia positiva.

FOTO> Jorge Vera

Não são apenas Buddhas que podemos ver. O jardim de Escultura Moderna e Contemporânea proporciona um espaço tranquilo na natureza para apreciar arte moderna. Peças selecionadas da Coleção Berardo, como por exemplo de Joana Vasconcelos, Alexander Calder, Fernando Botero, Tony Cragg, Lynn Chadwick, Allen Jones e muitos outros, encontram-se expostas no jardim cercadas por plantas diversas. Esta galeria, em espaço aberto, possui obras que vão sendo substituídas, proporcionando ao visitante experiências novas e interessantes, em cada visita.

Viajamos também até África, onde o jardim de arte de Esculturas Africanas é dedicado ao povo Shona do Zimbabué, que há mais de mil anos esculpe pedra à mão transformando-a em obras de arte. A curiosidade eh que o  povo Shona acredita em espíritos ancestrais conhecidos como “Vadzimu”. As suas esculturas demonstram a união entre estes dois mundos, o físico e o espiritual. Estes incríveis escultores de pedra mantêm a crença de que cada pedra tem um espírito vivo, que influencia aquilo em que ela se virá a tornar. O trabalho do artista é “libertar o espírito da pedra”. Existem mais de 200 esculturas dispostas sob a sombra de mais de 1000 palmeiras.

CURIOSIDADES – EXERCITO DE TERRACOTA

FOTO> Jorge Vera

O Imperador chinês Qin Shi Huang Di foi pioneiro na junção do território da China sob o poder de uma única dinastia; Ele foi responsável por muitas mudanças sócio-econômicas. Esta linhagem governou de 211 a 206 antes de Cristo, e sua principal contribuição foi criar a ideia de império na mentalidade deste povo.

Quando ele morreu, aproximadamente em 259-210 a.C., foi enterrado na companhia de um exército de Soldados de Terracota, os quais tinham como função cuidar de seu soberano na vida após a morte, conceito enraizado na cultura espiritual dos chineses. São mais de oito mil imagens de soldados e cavalos, em porte natural.

Este tesouro arqueológico foi encontrado casualmente em 1974, a cerca de 30 quilômetros da cidade de Xian, ex-capital de 11 dinastias e outrora a maior cidade do Planeta; hoje ela é a sede do governo central da província de Shaanxi. Um trabalhador rural escavava um poço em busca de água, no monte Lishan, produzido artificialmente pela mão humana, núcleo no qual está localizada a cripta do primeiro imperador chinês, quando se deparou com algumas das figuras de terracota.

FOTO> Jorge Vera

As imagens de terracota estão posicionadas em rigorosa disposição militar, um reflexo claro do poder e do comando imperiais. Muitos dos objetos foram cinzelados manualmente pelos artífices, em oposição aos que eram comumente esculpidos através da produção de moldes.

Os soldados variam em altura de acordo com suas funções, sendo os generais os mais alto.

*Terracota é um material constituído por argila cozida no forno, sem ser vitrificada e é utilizada em cerâmica e construção.

Dentre tanta história e curiosidades as experiências não param por ai. Ir até a Quinta dos Loridos e deixar de provar um bom vinho, não seria a mesma coisa.

PROVAS DE VINHO

As provas de vinho são feitas na adega antiga no jardim do solar ou na loja de vinhos. É necessário efetuar reserva antecipadamente. As provas de vinho decorrem de segunda a sexta-feira.

Se for visitar o jardim no fim de semana, faça sempre uma paragem num bar/restaurante do jardim e aprecie os vinhos da Bacalhôa por valores extremamente acessíveis. Uma média de 3,00 euros a taça.

COMODIDADES

*Aceitam animais de estimação desde que estejam sempre com trela/peitoral e indicação de nome, morada e telefone do tutor.

*Possuem um parque de estacionamento gratuito mesmo a entrada da bilheteria.

*Os bilhetes custam 5 euros e crianças com menos de 12 anos não pagam.

*Para quem quiser ainda fazer um passeio mais rápido pelo jardim, podem usufruir de um trem por apenas 4 euros.

INDICAÇÕES PARA LA CHEGAR

Sair na saída 12 da A8 (Carvalhal / Delgada)
Virar à esquerda na saída (Para quem vem de Norte ou Sul)
Sair na segunda saída da rotunda
Seguir as indicações das tabuletas/sinais do Buddha Eden

*O Bacalhôa Buddha Eden fica a cerca de 3 km da saída da A8.

Para qualquer duvida, acesse o site www.bacalhoa.pt

FOTO> Jorge Vera

Espero que tenham gostado e desejo uma excelente experiência!

Até uma próxima dica de turismo!

Uma resposta para “BUDDHA EDEN em Portugal? Sim, em Portugal!”

  1. Mariangela disse:

    Assim que chegarmos em Portugal, iremos visitar esse local maravilhoso !!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Compartilhe esta matéria!

RSS
E-mail
Facebook
Twitter
LinkedIn





Instagram da Andressa


Translate