Foco em Momentos Difíceis! Vamos manter?

Publicado em 29/04/2022 por Maria Tavares

Seja pela conciliação entre a vida pessoal e profissional ou como causa de pressões extras, torna-se prioritário saber como nos podemos concentrar quando a nossa atenção está dispersa.

Existem três tipos de reações básicas em situações difíceis (no nosso cérebro interpretadas como uma situações perigosas :

•          Fugir

•          Lutar

•          Bloquear

Na fuga, o objetivo é ficar o mais longe possível do foco de “perigo”. Em ambientes profissionais, estes perfis tendem a evitar comprometer-se com prazos e queixam-se muito do problema que está a afetar a sua capacidade de entrega.

Para se concentrarem nas suas responsabilidades e tarefas, torna-se imperativo que organizem e planeiem os seus dias, semanas e meses. Ajuda se partilharem estes planos para criar alguma “pressão positiva” para resultados.

Quando a reação típica é lutar, a tendência é enfrentar a crise o mais rapidamente possível. Em contextos profissionais, estes perfis trabalham muitas horas, têm dificuldade em separar momentos de trabalho e de lazer e absorvem toda a informação disponível à procura de “ângulos de ataque”!

Para se focarem, é importante delimitar e controlar o seu horário de trabalho, que se concentrem em prioridades e atividades com maior retorno e que invistam tempo em atividades de lazer que lhes tragam alguma paz interior.

Quando a reação típica é bloquear em momentos difíceis, estes perfis perdem o controlo das atividades diárias, evitam ler ou ficar informados, tendem a isolar-se e comunicam pouco.

Para se concentrarem, devem procurar manter-se informados, também ajuda manterem-se em contacto com colegas e amigos, pedindo-lhes que liguem com alguma frequência (especialmente quando são mais introvertidos) para evitar o risco de isolamento extremo.

Independentemente do tipo de reação básica, os princípios relacionados com a máxima “uma mente saudável num corpo saudável” como dormir bem, comer bem, manter-se hidratado, fazer exercício, ter tempo para refletir e reconectar a mente e o corpo, são sempre um bom ponto de partida para podermos concentrar-nos quando a nossa atenção está dispersa.

Espero que tenham gostado! já estou a preparar novos conteúdos para vos ajudar.

Até uma próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Compartilhe esta matéria!

RSS
E-mail
Facebook
Twitter
LinkedIn





Instagram da Andressa


Translate